Microfranquia é o Mesmo Que Pirâmide? [Parte 3]

Tempo de leitura: 16 minutos

No post 2, estávamos falando sobre como é possível construir uma renda quase ultrajante e que cresce a cada mês.

E mesmo quando você não trabalhar, o dinheiro continuará entrando… ou seja, você verá como plantar e regar sua própria Árvore de Dinheiro, até que você possa apenas aproveitar a sobra!

No ensinamento de hoje, você irá conhecer a forma que eu escolhi para transformar minha vida e alcançar Renda Residual, que como você já sabe, é o tipo de renda que gera Riqueza.

E também vou responder às perguntas dos últimos posts, e as perguntas mais comuns sobre o sistema que escolhi: Microfranquias.

Antes de começar, é importante dizer algo:

microfranquia não é perfeito

O sistema de Microfranquias não é 100% perfeito, como nada no mundo. Há pessoas que já trabalharam com esse sistema e não ganharam dinheiro.

Talvez você seja um dessas pessoas, ou talvez conheça alguém que já teve uma experiência ruim em um negócio semelhante.

Hoje você irá entender tanto os pontos positivos quantos os negativos.

E verá que existem formas de superar cada um dos pontos negativos e fazer o negócio funcionar para você.

Por isso, preciso que você esteja com a mente aberta para o que aprenderá em breve. Mesmo que já tenha passado por alguma experiência anterior nesse mercado, esqueça isso por alguns minutos.

Acompanhe com bastante atenção e ao final deste ensino estou certo de que você sentirá que nós poderemos ajudá-lo a alcançar os resultados que tanto sonha.

Então, pronto para conhecer com detalhes o sistema de Microfranquias? Vamos lá…

Como o próprio nome diz, o sistema de Microfranquias tem semelhanças com o sistema de Franquias Tradicional.

Você se associa a uma empresa e passa a ter o direito de comercializar e promover os produtos de marca.

Teoricamente, essas empresas já teriam um sistema de treinamento e um método de atuação que te guiasse em cada passo para alcançar resultados no negócio.

passo a passo franquia

Mas sobre isso vamos ver mais tarde…

O importante agora é você entender uma das grandes diferenças entre Microfranquia e a Franquia Tradicional:

  1. O valor do investimento:

No post 2 eu citei que uma franquia da Adidas pode chegar a custar R$ 1,4 milhão de reais. É um valor considerável.

Já no caso da Microfranquia esse valor é bem menor. É comum encontrar negócios com investimento entre R$ 500,00 a R$ 5.000,00.

Ou seja, com um investimento muito baixo você pode alcançar uma renda realmente substancial.

  1. Indicação de Novos Franqueados:

No caso da Franquia Tradicional, se um conhecido seu desejar alcançar os mesmos resultados que você e decidir se tornar um franqueado, ele irá procurar a empresa, e você não ganhará nada por isso.

No caso da Microfranquia, caso seus amigos também queiram se tornar Microfranqueados, você receberá uma comissão pela produção deles.

Afinal, foi você quem os apresentou à empresa…

E o melhor, seus amigos tem o mesmo benefício: eles também podem trazer os próprios amigos e ganharão com isso!

É essa característica das Microfranquias que faz com que esse sistema também seja muito conhecido como Marketing Multinível ou Marketing de Rede.

E agora talvez você tenha se lembrando de algum amigo, conhecido, ou amigo de um amigo, de um amigo…

… que disse que não conseguiu ganhar dinheiro no Marketing Multinível.

Se você nunca ouviu alguém dizer isso, te digo uma coisa: ainda vai ouvir.

microfranquia ou pirâmide

Alguns chegam a dizer que o sistema de Microfranquias ou MMN (Marketing Multinível) não passa de pirâmide financeira e que só os primeiros a entrar ganham…

Bom, vamos olhar com mais atenção esses pontos e entender melhor:

Primeiro vamos falar das pessoas que não ganham dinheiro com esse sistema…

>>>> Aprenda Como Cadastrar 56 Pessoas em Apenas 1 Mês

Isso é um fato. Realmente há um número muito grande de pessoas que adquire sua Microfranquia e simplesmente não consegue ganhar dinheiro.

E agora vamos entender os principais motivos para isso acontecer:

Mentalidade de Funcionário:

É muito comum as pessoas investirem em uma Microfranquia mas continuarem com a mentalidade de empregado.

Isso significa que elas esperam, ao final do mês, receber um “salário” e troca do tempo dedicado ao negócio. O problema é que quando você é dono do negócio, há um detalhe importante:

Se você trabalhar muito tempo mas da forma errada, não terá resultados. E sem resultados, não há dinheiro!

E essas pessoas que se dedicaram horas por dia trabalhando errado, desistem dizendo que o negócio não funciona porque elas trabalharam e não ganharam nada…

Mentores Errados:

No último ponto você percebeu que precisa trabalhar da forma certa ou não terá resultados. O problema é que há no mercado muita gente ensinando técnicas ultrapassadas ou mesmo técnica que nunca funcionaram bem.

E elas ensinam aos novos Microfranqueados. O resultado é que existe um exército de pessoas trabalhando errado, e ensinando os outros a seguirem os mesmos passos. Por isso você precisa trabalhar com as pessoas certas.

Ilusão:

Para conseguir indicar novos microfranqueados, alguns iludem as pessoas. Eles “pintam” o negócio como sendo algo perfeito. A pessoa só precisa se tornar um Microfranqueado e a vida irá mudar automaticamente.

trabalhar para ter uma renda residual

A verdade é que, como todo negócio, há obstáculos. Ao contrário do que você já pode ter ouvido por aí, você não ficará rico em 3 ou 6 meses. Como todo negócio, esse é um trabalho de médio a longo prazo.

Todos esses pontos são importantes, mas mesmo que você supere cada um deles, ainda há um outro possível problema

Empresa Errada:

Você precisa escolher a empresa certa para se associar. Quando eu digo “empresa certa”, não estou dizendo que só existe uma opção. Estou dizendo que existem algumas características específicas que precisa buscar. A lógica é a seguinte:

Para seu negócio dar certo, você precisa de 200% de esforço. 100% seu + 100% da empresa que você escolheu. Se você der 100%, mas a empresa não for boa, você nunca chegará aos 200%.

Por isso há critérios importantes para você selecionar a empresa ideal para você, mas iremos conversar sobre isso em outro momento…

Agora, vamos falar sobre aquele outro ponto…

Será que o sistema de Microfranquia é na verdade PIRÂMIDE?

➡➡➡ Sua Lista Quente de Contatos Acabou?

Bom, para responder a isso, é importante primeiro identificar o que exatamente é uma pirâmide. Isso porque a maioria das pessoas que afirma que toda Microfranquia é pirâmide, normalmente não conhece profundamente o assunto.

Essas pessoas ouviram falar que é pirâmide e adotam isso como verdade.

A principal afirmação em geral é:”Só quem está em cima ganha dinheiro!”

Bom, aí eu te pergunto:

Qual a empresa do mercado tradicional não é exatamente assim? Em qual empresa um gerente ganha menos que um faxineiro? Em qual empresa um diretor geral ganha menos que um gerente?

Se fôssemos utilizar esse critério, praticamente toda empresa e até o serviço público seria chamado de pirâmide, não é verdade?

Só que no caso das Microfranquias ainda tem um detalhe diferente… Detalhe que muda tudo, na verdade:

Não existe “hierarquia”. Não existe isso de “estar em cima”. Se você entrar no negócio hoje, e trouxer mais resultados que alguém que já estava trabalhando há 6 meses, 1 ano ou 5 anos, você ganhará mais!

Mas isso não significa que você está em “cima” dessa pessoa. Você não “manda” nela. Ela não “manda” em você. Não existe chefe nesse negócio. Só você determina o que traz e quanto faz!

Ou seja, pensando que pirâmide é quando só quem está acima ganha, uma Microfranquia jamais poderá ser uma pirâmide, pois não existe isso de “estar em cima”, não existe hierarquia. Existem resultados.

Como você pode ver, esse sistema simplesmente não se encaixa no que as pessoas chamam de pirâmide.

Então agora vamos entender exatamente o que é pirâmide, mas antes preciso responder a mais uma pergunta frequente: “Eu vou precisar vender?”preciso vender para ter dinheiroA primeira coisa que você precisa entender é o seguinte: uma empresa que adota o sistema de Microfranquias quer, no final das contas, fazer seus produtos chegarem ao cliente final.

Esse é o objetivo de toda e qualquer empresa. Afinal, nenhuma empresa sobrevive se não alcançar seus clientes, não é verdade?

A única coisa que muda de uma Microfranquia para uma empresa tradicional é o caminho do produto até chegar às mãos do consumidor. Veja só:

Numa empresa tradicional, o produto é fabricado. Então é vendido par ao distribuidor.

O distribuidor então, repassa o produto a um atacadista… que, por sua vez, vende a uma loja do varejo.

E finalmente o produto chega até o cliente final.

distribuidor, atacadista, varejo e cliente final

Em cada uma dessas etapas alguém ganha dinheiro e aumenta o preço do produto…

Já no caso do Marketing Multinível ou Microfranquia, o produto sai da fábrica e chega nas mãos do distribuidor.

Veja Também ➡➡ Como Abordar Para Reunião Caseira

E do distribuidor direto para o cliente final.

do distribuidor ao cliente final

Por isso o distribuidor tem uma margem muito maior de lucro, e ainda assim o produto chega ao cliente final com um valor acessível.

A conclusão é: o caminho do produto é diferente, mas o objetivo ainda é atingir o cliente final!

Isso significa que é preciso haver vendas. Em algum ponto, um cliente final precisa comprar o produto.

Se isso não acontecer, significa que o produto está encalhado na empresa, ou pior ainda, na casa dos distribuidores.

Mas se você não gosta de vender, não se preocupe, eu também não gosto. É por isso que estamos sempre pensando em estratégias para facilitar esse processo.

Mas quero fazer um alerta a você, e é aqui que voltamos para aquela conversa sobre Pirâmides:

Para sobreviver, uma empresa precisa ter lucro. Para ter lucro, ela precisa vender produtos ou serviços. E depois de pagar comissões a você, ainda precisa sobrar dinheiro, certo?

Afinal, se a empresa vender R$ 100.000 em produtos, não pode pagar R$ 120.000 em comissões, faz sentido?

Isso significa que para uma comissão ser gerada, é preciso que exista uma venda que comporte aquela comissão.

Senão o dinheiro vai sair de outro lugar, faz sentido?

O que isso quer dizer? Que se você receber uma proposta de negócio em que nada precisa ser vendido, e você terá um ganho garantido, CUIDADO.

Se você não gerar vendas de alguma forma, de onde virão as comissões? Como a empresa conseguirá dinheiro para te pagar?

É aqui que entra a característica central de uma pirâmide: o dinheiro não é gerado pela venda de produtos, ele é gerado pelo cadastro de novas Microfranquias.

Ou seja, o dinheiro para pagar quem já está no negócio vem dos que acabaram de chegar.

Isso é uma pirâmide. Um “negócio” sustentado pelo dinheiro de quem entra. E quanto mais ele cresce, é necessário entrar ainda mais gente para sustentar a pirâmide.

Bom, eu poderia te dizer razões éticas para não entrar numa pirâmide. Falar que as últimas pessoas a entrar serão prejudicadas, perderão suas economias, etc.

Mas eu não vou tocar nesse ponto. Vou falar de algo bem prático:

Historicamente, o tempo máximo de vida de uma pirâmide em um país é de 2 anos.

Esse período costuma aumentar quando a empresa migra para outros países. Mas o que isso significa?

Que se você entrar no começo, pode ganhar muito dinheiro durante 2 anos. Mas quando a pirâmide quebrar, você fica sem nada e precisa recomeçar do zero!

Significa que você ficou 2 anos construindo um castelo de areia. E continua sem nenhuma Renda Residual.

Ou seja, não construiu riqueza! Você plantou sua Árvore de Dinheiro, regou, só para vê-la desaparecer sem que você possa aproveitar a sombra…

Por isso, eu considero muito mais interessante dedicar seu tempo a um negócio sólido. Um negócio que continuará no mercado em 2 anos, em 5 anos, e possívelmente várias décadas.

Assim, a cada ano você estará aumentando sua renda residual e efetivamente construindo riqueza.

Para finalizar, quero falar de outras questões muito comuns:

A primeira é a falta de tempo!

preciso de tempo para ganhar dinheiro

Muitas pessoas acreditam que não terão tempo para trabalhar com sua Microfranquia, e por isso não poderão ganhar dinheiro.

Bom, ao invés de se perguntar se você tem tempo ou não, sugiro que se pergunte outra coisa: o pouco de tempo que você tem, está usando para gerar RIQUEZA PARA VOCÊ?

Se você continuar fazendo o que faz hoje, em 5 anos terá mais tempo? Terá construído alguma coisa?

Ou quando olhar para trás vai pensar que continua no mesmo lugar?

Será que você pensará que perdeu 5 anos?

Pois é… Se você quer mudar essa situação, se quer ter liberdade de tempo, a saída não é continuar no mesmo caminho.

Se fizer isso, jogará o pouco de tempo que tem fora. Eu acredito que é uma decisão melhor usar seu tempo construindo sua própria riqueza…

Outra questão muito comum é o valor do investimento.

Apesar de ser absurdamente menor que qualquer outro tipo de negócio, algumas pessoas dizem não ter condições financeiras de começar…

A verdade é que eu conheço poucas pessoas que estão no quadrante do lado esquerdo, Funcionários e Autônomos, que tem dinheiro “sobrando”.

Qualquer valor que saia um pouco do orçamento complica tudo. Não sei se é o seu caso…

Isso não vale apenas para começar um negócio. Vale para qualquer sonho que elas queiram realizar!

Nunca sobra dinheiro! E para começar um negócio não é diferente.

Se você quiser esperar até o dia em que sobrar dinheiro para você começar seu negócio, vai continuar em seu emprego o resto da vida.

E quando se aposentar, vai precisar continuar trabalhando para complementar sua renda.

Se não é isso que quer, se você deseja sair dessa armadilha, precisa passar por cima disso. Não pense no valor em si, se tem ou não esse dinheiro sobrando – nunca vai ter!

Pense no negócio que está diante de você. Vale a pena? Você terá o retorno que deseja?

Se a sua resposta for sim, então corra atrás e faça acontecer! Não pense nos obstáculos. Pense em como superá-los!

Por fim, algumas pessoas me perguntam se elas poderão ter o mesmo resultado que eu tenho. Algumas até já passaram por outros negócios e querem saber porque agora será diferente.

Por que dessa vez elas conseguirão o retorno que esperam?

O que eu posso te dizer é que você será acompanhado a cada etapa por alguém do nosso grupo que já trilhou esse caminho e alcançou resultados.

Você será guiado passo a passo.

guiar passo a passo

E posso dizer a você o seguinte: aplicamos técnicas que são muito diferentes do que é ensinado no mercado.

95% das pessoas que começam uma Microfranquia aprendem técnicas ultrapassadas ou mesmo que nunca funcionam.

Jamais! Você falará apenas com pessoas que desejam te ouvir, pessoas que estão ansiosas por uma oportunidade e conseqüentemente por fazer parte da sua equipe.

Nosso grupo é diferente. Trabalhamos com as técnicas mais avançadas de Marketing Digital e se você fizer como recomendamos, não ficará incomodando parentes ou amigos, ou abordando pessoas desconhecidas no Facebook.

Se você tomar a decisão de trilhar esse caminho conosco, só pediremos uma coisa: um compromisso de trabalhar e aplicar os métodos e técnicas que recomendamos por no mínimo 1 ano.

Se você fizer isso, seus resultados serão espetaculares! E estaremos juntos no topo!

Bom, você entendeu melhor o sistema de Microfranquia. Você percebeu que ele reduz as etapas entre a fábrica e o cliente final, e por isso permite altas taxas de lucro para os Microfranqueados.

Percebeu também as vantagens da Microfranquia para uma Franquia Tradicional. É impossível começar com muito menos dinheiro, e se você chamar alguém para também fazer o negócio, ganhará ainda mais.

Você também viu os maiores problemas que as pessoas enfrentam nesse sistema, e já começou a perceber que junto do nosso grupo será muito mais simples superar cada um desses obstáculos.

>>>> Como Plantar Minha Árvore de Dinheiro?

Por fim, você entendeu melhor a diferença de uma pirâmide e de um negócio legítimo.

Também falamos sobre o problema da falta de tempo e dinheiro para começar sua Microfranquia, e acredito que você já está decidido a superar esses problemas e construir sua riqueza!

Com tudo isso, agora provavelmente você vê a Microfranquia como um caminho interessante. e no próximo post vou aprofundar nisso.

E, depois eu vou mostrar a você o negócio que eu escolhi e que considero o ideal para você começar a construir sua renda residual.

Mas apenas o negócio ideal não resolve. Muitas pessoas, entram em bons negócios e simplesmente não conseguem resultados. Ficam por anos cometendo erros amadores.

Por isso, até o final dessa série, você entenderá melhor o nosso trabalho, que torna muito mais simples chegar ao topo do negócio! Também vou te dar detalhes caso queira fazer parte desse grupo.

Sei que já está ansioso para saber mais detalhes desse negócio incrível que tem transformado minha vida financeira, mas isso fica para o próximo post…

Deixe seu comentário hoje aí embaixo, nos conte se você também vê a Microfranquia como uma excelente opção para começar seu negócio. Você já trabalhou esse formato de negócio antes?

Acredito que o próximo post será muito importante para você. Já dê continuidade a este ensinamento lendo o próximo post.
microfranquia hinode

Deixe uma resposta